7 Feb 2014

#18: Molten Moltres!




No ultimo capitulo:
Após enfrentarem a Team Rocket e o lendário Articuno, Damon, Katherine, Misty e Blaine partem agora para Cinnabar Island, mal sabem eles que estão sendo observados por uma mulher capaz de visualizar os seus movimentos através de poderes psíquicos.

Cinnabar Island é mundialmente conhecida por ser um destino turístico, todos os anos, por esta altura do ano, turistas de todas as partes do mundo visitam esta ilha paradisíaca, o calor, as praias e os luxuosos hotéis são o chamariz para as classes altas da sociedade, a ilha também é conhecida pelo seu enorme vulcão adormecido, reza a lenda que foi aquele vulcão que criou a ilha quando entrou em erupção há mais de 1500 anos atrás.

O grupo de Damon chegava à ilha de barco, Blaine conduzia-o e soltou uma lágrima de felicidade ao voltar a ver sua ilha.

- Finalmente, estou em casa. - Diz Blaine abrindo os braços e agradecendo aos céus.

- Nunca tinha vindo até Cinnabar Island. - Diz Katherine. - Parece-me um bom local para fazer negócios. - Sussurra baixinho esboçando um sorriso e olhar inocente mas ao mesmo tempo diabólico.

- O que disseste? - Pergunta Damon.

- Nada, nada. - Disfarça. - Vou dar uma volta pela ilha, nunca cá estive, acho que vou fazer umas compras. - Começa a correr. Ta-dá, vejo-vos depois. - Katherine corre para a cidade despedindo-se do grupo.

- Não confio naquela garota. - Diz Blaine. - Foi ela que roubou a minha pesquisa sobre Mew, não foi? - Pergunta olhando para Damon.

- Erm... - O rapaz fica reticente.

- Não precisa responder, eu sei de tudo. - Diz Blaine. - Mas relaxe, eu tenho cópias da pesquisa, embora a Team Rocket nem desconfie.

- Quem é Mew? - Pergunta Misty.

- Vamos até meu laboratório, lá mostrarei o que sei sobre esse Pokémon.

O grupo seguiu em direcção ao vulcão, na base da montanha vulcânica, existia uma pequena entrada, que passava despercebida devido a estar coberta de heras, Blaine, retirou as vinhas destapando uma porta de aço, retira um cartão do bolso da sua bata e passa-o na ranhura da porta, abrindo-a, assim que a porta se abre, Blaine acende as luzes e o laboratório fica iluminado.

- Bem vindos ao meu laboratório, já não vinha aqui há mais de 20 anos, mas ainda parece estar tudo a funcionar. - Diz Blaine tocando nas suas maquinas. - Agora vejam isto. - Retira um cd do bolso e coloca-lo numa ranhura de um grande televisor.
Começam a surgir imagens no televisor.

- Diario de Blaine: 5 de Junho, Utmost Island: Giovanni decidiu financiar esta expedição a uma ilha selvagem que até há pouco tempo era desconhecida pelo homem, Dr. Fuji e eu descobrimos um fossíl que parece pertencer a um Pokémon extinto.
- 10 de Junho: Encontramos aquilo que parece ser as ruinas que uma civilização antiga, nas paredes estava gravada uma imagem, que se eu estiver certo deverá ser o Pokémon do qual descobrimos o fóssil.

- 12 de Junho: Após alguns testes com o fóssil e analisando a imagem, chegamos à conclusão que se tratava de um novo Pokémon, já tinha ouvido falar nele, mas nunca ninguém o havia visto, o Pokémon miragem, Mew.
- 1 de Setembro: Testamos o fóssil e juntamos amostras de DNA, se tudo correr como planeado, poderemos criar vida.
- 6 de Fevereiro: Varias tentativas foram feitas para criar um clone perfeito, no entanto, todos morriam, faltava algo, descobrimos algo que nos poderia ajudar e voltamos a tentar. Desta vez um dos clones criados sobreviveu, chamamos-lhe Mewtwo.
- 23 de Março: Mewtwo começou a emitir ondas psíquicas, conseguimos criar vida, esta é a maior descoberta da humanidade.

- Foi esse o Pokémon que Mr. Fuji falou. - Relembrou Damon.

- Então conheceu o Mr. Fuji, ele é um bom homem, tudo o que ele queria era criar vida para poder voltar a ver sua filha que morreu cedo devido a uma doença grave.

- Ele não me contou isso. - Disse Damon.

- É natural. - Respondeu Blaine. - Não ter conseguido devolver sua filha à vida o fez virar as costas ao projecto Mewtwo, ele sofreu muito e continua sofrendo hoje em dia.

Entretanto, Katherine fugia de algo, com o seu sorriso maquiavélico, mostrava um colar de pérolas no seu pescoço, deu a entender que o roubou a algum turista, a garota tenta agora encontrar Damon e a sua busca-a leva-a até uma zona montanhosa do outro lado do vulcão.

- Onde é que eles estarão? - Pergunta Katherine caminhando e olhando para todos os lados com seu colar de pérolas brilhando sob a luz do sol.

- Que temos nós aqui. - Diz uma rapariga de longos cabelos negros, de pé em cima de uma rocha.

- Huh? - Katherine olha para cima e vê a rapariga, no seu uniforme estava estampado um grande R vermelho. - Tu és da Team Rocket! - Grita.

- Sim, é verdade, o meu nome é Sabrina. - Responde a garota num tom irónico. - E tu és Katherine, a garota que roubou nossas pesquisas sobre Mew e têm medo da lendária besta alada de fogo.

- O que? Como sabes isso? - Pergunta mostrando nervosismo na voz.

- Eu tenho andado a observar-vos, a todos vós. - Responde calmamente, passando seu cabelo para trás.

- Como é que eu não reparei nisso? - Diz a garota.

- Ninguém reparou, eu uso meus poderes psíquicos para localizar meus oponentes. - Responde olhando Katherine com seus olhos de tom purpura brilhando como estrelas cadentes. - Agora, está na hora de morreres, apresento a lendária besta alada de fogo, Moltres!

Sabrina dá a ordem e do topo do vulcão começam a ver-se chamas gigantes, Katherine só consegue pensar em fugir, Sabrina sorria ao ver a garota fugindo apavorada enquanto o lendário Pokémon de fogo erguia suas asas no céu, a ilha começou tremendo, os turistas entravam em pânico ao ver o vulcão cuspindo fogo, dentro do laboratório de Blaine também sentia os tremores de terra, o grupo sai para a rua onde Katherine choca com Damon assim que este sai.

- Katherine, o que se passa? - Pergunta Damon segurando na garota.

- A ave de fogo, ela vêm buscar-me de novo. - Diz a garota chorando.

- Ave de fogo? - Pergunta Misty.

- Só pode ser Moltres! - Exclama Blaine. - Sabrina deve ter nos descoberto e trouxe a ave de fogo.

A besta alada de fogo começa cuspindo suas chamas para a floresta, tentando fazer com que Katherine e o grupo se mostre, Blaine, manda as crianças entrarem no laboratório, de seguida a terra volta a tremer e Damon cai no chão, sua mochila estava semi-aberta e deixa escapar um fóssil que Damon havia colectado dentro de Mt. Moon.


- Huh? O que é isso? - Diz Blaine observando a estranha rocha.

- É um fóssil que encontrei em Mt. Moon. - Responde o garoto.

- Incrível. - Diz Blaine num tom de espanto enquanto pega com cuidado na rocha. - Isto é um autêntico fóssil do lendário príncipe dos céus, Aerodactyl.

- Aerodactyl? - Dizem Damon, Katherine e Misty em coro.

- Afirmativo, este Pokémon está extinto há milhares de anos, nunca tinha visto um fóssil tão bem conservado, quase que aposto que... - Blaine cala-se e procura uma maquina. - Aqui está ela. - Descobre uma máquina cilindrica protegida por um vidro, liga-a a um grande gerador e coloca o fóssil no centro.

-  O que vai fazer? - Pergunta Damon intrigado.

- Preparem-se para ver história a ser consumada. - Blaine carrega no botão e a maquina começa a produzir energia.

A maquina começa a trabalhar, o fóssil ganha um brilho especial provocado pelas ondas magnéticas do engenho de Blaine, a rocha começa crescendo e a ganhar formas, quando termina no lugar do fóssil aparece um Pokémon cinza, ele estava dormindo enrolado com suas asas.

- Apresento-vos o príncipe dos céus. - Diz Blaine orgulhoso do que fez. - Aerodactyl!

Damon, Misty e Katherine ficam espantados com o que vêm, daquele fóssil viram nascer um Pokémon, nunca tinham estado tão perto de algo tão magnifico como Aerodactyl, o Pokémon abre os olhos, descruza suas asas e imponentemente se levanta abrindo suas asas e soltando um grito, estava vivo!


Continua...


1 comment:

  1. Capítulo magnifico, revelando mais detalhes do passado, sobre as ações de Giovanni e de Blaine, e como o pokemon Mewtwo foi criado.
    A historia se desenvolve com grande ação, mal se recuperaram da luta contra Articuno e agora já surge Sabrina e Moltres, ela se mostrou forte tendo grandes poderes psíquicos, Katherine esta terrivelmente amedrontada pelo seu trauma com pássaros.
    Bom final com Aerodatcyl despertando, quem sabe com a ajuda dele o grupo de Damon tenha uma chance contra Moltres. Que venha o próximo capítulo.

    ReplyDelete